Entenda de uma vez por todas os modelos de tubo gotejadores disponíveis no mercado

O sistema de irrigação por gotejamento tem grande vantagem quando comparado com
outros métodos de aplicação de água nas lavouras, em termos de economia de água, por
exemplo, pode chegar a 60% quando enterrado com um incremento de produtividade de 25%
comparado a outros sistemas de irrigação (Bachir & Bouchemal, 2018).
Quando olhamos para as opções disponíveis de tecnologias e modelos de gotejadores, nos
deparamos com alguns nomes que são comuns no meio, porém podem despertar dúvidas em
quem não tem afinidade com a área. Os gotejadores se dividem em quatro classes, são elas:
convencional (non-PC), PC, PC AS e PC CNL.




Mas o que significa exatamente cada uma
dessas terminologias e em que ela implica na
prática?

Convencional (non-PC): esse tipo de gotejador são os mais tradicionais quando se analisa a linha do tempo, foram os primeiros modelos. São caracterizados pela variação de vazão em função da pressão, que limita sua aplicação em linhas extensas, pois a perda de pressão ao longo da linha irá fazer com que haja uma diferença mais acentuada entre o volume de água que sai no primeiro emissor da linha e no último;

PC (Pression Compense): os gotejadores tipo PC se caracterizam por manterem a mesma vazão dentro de uma faixa de pressão, ou seja, se respeitado os limites de pressão, ele fornece o mesmo volume de água no primeiro e no último emissor da linha. Esse tipo de tecnologia permite linhas mais extensas e também, claro, melhora a uniformidade de aplicação de água e de fertilizantes quando adotada a fertirrigação;

PC AS (Pression Compense & Anti Siphon): Carrega as mesmas características do modelo anterior em relação a uniformidade e comprimento/extensão de linhas de irrigação, o diferencial se encontra no fato que o gotejador não permite, dentro de um limite de pressão negativa, que sejam succionadas partículas de solo ou outros detritos externos para dentro do gotejador ao esvaziar a linha quando se desliga o conjunto de pressurização ou troca-se o setor de irrigação. Sendo indicado, principalmente para irrigação subsuperficial (SDI) nas mais diversas culturas;

PC CNL (Pression Compense & Anti-Drain): carrega as características do modelo PC, com o adicional de que mantém a linha cheia d’água com de acordo com a pressão de fechamento do modelo do gotejador. Isso significa que ao iniciar o setor com esse tipo de gotejador, as plantas passam a receber água praticamente ao mesmo tempo, processo conhecido como irrigação por pulso. Indicado para ambientes com janelas de irrigação bastante pequenas e/ou fertirrigação constante.

Referencias:
Bachir, K.; Bouchemal, S. Development and Conservation of Water Resources for Agriculture in
an Arid Environment: A Case Study of the Souf Oasis (Algerian Sahara); Annals of Arid Zone,
v.57, p.1-11. 2018

Compartilhe Este Artigo:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp

Outras máterias

4 Cuidados importantes para um projeto de irrigação

O investimento em uma lavoura com ótimos resultados é o objetivo de todo produtor rural.…

6 Sinais de que você está fertilizando demais suas plantas

Sabe o ditado popular de que: “Tudo o que é demais faz mal”. Quando se…

10 dicas para garantir um bom manejo de irrigação de pastagens

Conhecer o solo, fazer a revisão dos equipamentos e montar um plano de irrigação são…

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Receba nossas novidades em primeira mão.